IMG-LOGO
Home > Política > Debate sobre Reforma da Previdência reúne universitários de Caruaru com Deputado Fernando Rodolfo

Política

Imagem: O parlamentar do PR expôs seu ponto de vista acerca da reforma proposta pelo governo

Debate sobre Reforma da Previdência reúne universitários de Caruaru com Deputado Fernando Rodolfo

Rodolfo esteve reunido com estudantes de graduação, pós-graduação, políticos, advogados, além de professores e o reitor do Centro Universitário Tabosa de Almeida (Asces-Unita).
Por Marcelo Jorge - 04 De Maio De 2019, 02:52 PM


Em sintonia com os assuntos que mexem com o cotidiano das pessoas, o deputado federal Fernando Rodolfo (PR/PE) se reuniu com estudantes do ensino superior, na noite dessa sexta-feira (03), para debater sobre o tão polêmico projeto de reforma da previdência social. O parlamentar foi convidado pelo Centro Universitário Tabosa de Almeida (Asces-Unita) para discutir sobre os principais pontos da reforma e os impactos, caso aprovada, no dia a dia da sociedade brasileira.

No debate, Rodolfo agradeceu a oportunidade de poder falar sobre o tema e destacou que uma reforma se faz necessária, porém, essa reforma não pode penalizar os mais pobres. “Primeiramente, eu quero agradecer pelo convite e oportunidade de estar aqui. Dizer que discutir sobre reforma da previdência social é hoje o dever de casa de todo e qualquer cidadão brasileiro, principalmente nós que representamos à população. Como muitos já sabem, nós somos a favor de uma reforma previdenciária, porém, desde que ela não prejudique os mais humildes e que surja a partir desse debate entre o Congresso Nacional e o povo", enfatizou Rodolfo.

O deputado destacou também que um projeto de reforma dessa dimensão precisa ser justo e sem privilégios, ou seja, que todos possam contribuir para o bem comum. "Nós lutamos e defendemos uma reforma previdenciária que abranja todos os setores sociais sem distinção e nem privilégios; uma reforma que inclua juízes, desembargadores, ministros, políticos, etc. Muitos sabem que nossa bandeira - tanto do PR quanto minha - é lutar pelo povo brasileiro que vive cansado de injustiças, por isso, fazemos questão de defender classes sociais que são tão desvalorizadas pelo poder público como os professores, policiais e agricultores, por exemplo", apontou o parlamentar.

Rodolfo defende que o projeto de reforma apresentado pelo governo federal seja analisado e discutido exaustivamente na Comissão Especial da Previdência para que o resultado seja o melhor e mais justo para todos, principalmente para aqueles que menos têm e que vivem em regiões pobres do Brasil. "Nós que somos da Comissão Especial precisamos mergulhar de cabeça no debate e análise desse projeto. Não podemos simplesmente tratar como qualquer outra pauta do Congresso, até porque o futuro de milhões de brasileiros está em nossas mãos e cabe a nós honrar o voto e principalmente à confiança das pessoas que acreditam no nosso trabalho. Por isso, digo e repito, precisamos discutir e levar essa reforma da previdência à exaustão nas quarenta sessões que tivermos em Brasília", ponderou.

Por fim, o deputado respondeu questionamentos da plateia e dos membros da mesa e colocou o gabinete à disposição de quem precisar ou quiser contribuir com esse debate tão importante e necessário nos dias de hoje. "Quero dizer que meu gabinete está de portas abertas para receber todos que quiserem discutir e colaborar na construção de um estado melhor e de um país mais justo e igualitário. Peço que acompanhem nosso trabalho, façam suas críticas construtivas, sugestões, questionamentos, dúvidas, enfim, sejam fiscais e ao mesmo tempo parceiros de um mandato democrático", concluiu.
Ainda no encontro, os estudantes entregaram aos convidados um trabalho acadêmico sobre o projeto de reforma da previdência para que eles possam analisar e questionar alguns pontos dessa reforma durante às discussões em Brasília.

Texto/Fotos: Equipe de Comunicação e Imprensa.

Fotos: ASCOM Parlamentar


Compartilhar: