IMG-LOGO
Home > Nacional > Bolsonaro assina decreto que desburocratiza porte de armas para colecionadores e praticantes de tiro
Nacional

IMAGEM: Presidente Jair Bolsonaro disse que novo decreto irá desburocratizar o mercado de armas e munições. Foto: RBN Notícias

Bolsonaro assina decreto que desburocratiza porte de armas para colecionadores e praticantes de tiro

Foi assinado pelo presidente da república, na tarde desta terça (07), um decreto que flexibiliza o transporte de armas para caçadores, desportistas praticantes de tiro e também para os colecionadores de armas.
Por Marcelo Jorge - 07 De Maio De 2019, 04:09 PM


No seu pronunciamento, após assinatura do decreto, o Presidente Jair Bolsonaro disse aos presentes que a decisão visa facilitar os desportistas que praticam tiro, os colecionadores de armas e os caçadores (CACs), o acesso ao registro, posse, porte e comercialização de armas e munições. Mas fez questão de enfatizar que este não é um projeto de segurança pública, porém “é mais que isso: um direito do cidadão, desde que este cumpra alguns requisitos.”
O presidente também disse que seu governo foi no limite da lei, para a composição deste decreto e que desta forma não houve nenhum “atropelo” das leis no país.

De acordo com Bolsonaro, o decreto tratará da "desburocratização do mercado de armas e munições" e também facilitará o transporte de armas para os CACs, além de permitir o aumento da quantidade de munição a ser transportada e facilitar a importação de armas e munição.
O presidente enfatizou o fato de, com a assinatura deste novo decreto, o dono de uma propriedade rural por exemplo, poderá possuir e portar uma arma em todo o limite da sua propriedade.

O presidente saudou os deputados presentes dizendo que ainda tem “o cheiro” de legislativo, onde desempenhou por 28 anos seus mandatos e que isso o torna igual aos parlamentares, além de também ser “eternamente” um militar.

Foto: Reprodução/Instagram Jair Bolsonaro / Estadão Conteúdo


Compartilhar: