IMG-LOGO
Home > Variedades > Após demissão de 40 jornalistas da Globo, âncora da emissora ataca Bolsonaro com palavrões
Variedades

IMAGEM: Imagem: Reprodução internet

Após demissão de 40 jornalistas da Globo, âncora da emissora ataca Bolsonaro com palavrões

A emissora afiliada da Globo, Rede Bahia, demitiu na última segunda-feira (6) cerca de 40 jornalistas de duas de suas principais afiliadas no estado: TV Oeste e TV São Francisco.
Por Sandro de Moura - 08 De Maio De 2019, 10:00 AM


De acordo com matéria publicada no site Notícias da TV, a agora ex-âncora do BATV, Priscila Guedes, reclamou da demissão e utilizou o Instagram para disparar contra o presidente da República, Jair Bolsonaro:

“Bolsonaro é o cara***. Lula livre, po**a!”

Em outra publicação na mesma rede social nesta terça-feira (7) Priscila aproveitou para agradecer aos quase cinco anos na TV São Francisco, mas frisou as dificuldades que ela e a sua equipe passaram na emissora:

“A casa ajudou bastante, foi uma escola… grandes profissionais, grandes amigos e companheiros do dia a dia, dos perrengues (e que perrengues, a gente devia ganhar por insalubridade). Saio com saúde, experiência e muita gratidão a todos os meus amigos de trabalho. No meu último jornal, me despedi como de costume, mas não como queria. Por isso, deixo aqui minha despedida pro povo do Norte da Bahia e Vale do São Francisco, que me acompanhava todos os dias.”
A situação financeira da Rede Globo aparenta não estar muito boa. A emissora vem demitindo funcionários e reduzindo os salários das suas principais estrelas.

Crise na audiência e prejuízo financeiro levaram à decisão da emissora
O faturamento do veículo da velha imprensa caiu 15% nos últimos cinco anos. Os executivos têm argumentado que a concorrência do streaming e a nova realidade do mercado publicitário fez diminuir as receitas, inviabilizando os rendimentos muito altos, como vem noticiando o portal RBN Notícias.

A jornalista Priscila Guedes usou as redes sociais, nesta terça-feira, dia 07 de maio, para desabafar sobre a demissão em massa que a Globo promoveu na Bahia, no dia anterior.


Compartilhar: