IMG-LOGO
Home > Nordeste > Os novos caminhos para Salgueiro: O sertão de Pernambuco quer acordar para um novo momento

Nordeste

IMAGEM: Para o empresário sertanejo George Sampaio, presidente do Diretório local do PSL, existe uma inquietação por parte da população que quer ouvir novas propostas. (Foto: Arquivo)

Os novos caminhos para Salgueiro: O sertão de Pernambuco quer acordar para um novo momento

A política tradicional no interior do Nordeste também dá sinais de saturação. O eleitor busca novos projetos para enfrentar os novos desafios que a sociedade precisa vencer.
Por Marcelo Jorge - 04 De Junho De 2019, 09:07 PM


Semelhantemente o ocorrido em vários locais pelo país, o fracasso total nas manifestações contra o contingenciamento na educação convocada por movimentos sociais no município de Salgueiro, distante 513 quilômetros da capital Recife, é uma amostragem que a esquerda começa a perder força onde mais predominava: no interior do nordeste. A praça que fica em frente ao Colégio Estadual Carlos Pena Filho, onde funciona a academia das cidades, local marcado como concentração para o início dos protestos ficou quase vazia, reunindo apenas alguns militantes e frustrando os protestos.

BOLSONARO NO SERTÃO NORDESTINO

Mesmo obtendo uma pequena votação no município de Salgueiro, com apenas 5.694 sufrágios, contra 25.020 votos para o candidato Fernando Haddad (PT), o governo do presidente Jair Bolsonaro começa a ganhar força no Nordeste após a visita e boa receptividade em Pernambuco no dia 24 de Maio último. Na oportunidade ele lançou na SUDENE o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), documento que busca servir de base para o desenvolvimento social e econômico da região.

Já em Petrolina, há 248 quilômetros de Salgueiro, o presidente entregou residências populares e na oportunidade Bolsonaro (PSL) anunciou alguns investimentos que devem beneficiar a região, expandindo para outras localidades.

SALGUEIRO INQUIETA COM O FUTURO

Em Salgueiro, o empresário George Sampaio, aliado de primeira hora do grupo de Bolsonaro ainda no período eleitoral e que assumiu o diretório do PSL local, - partido que abrigou a candidatura do atual presidente da república - vem conversando com lideranças maiores da legenda no estado e com alguns integrantes do Governo Federal, além de estar em contato com líderes comunitárias e empresários locais na busca de detectar demandas da sociedade salgueirense e suprir estas lacunas. Um dos pontos detectados é a fragilidade do setor de saúde no município, que vem ocasionando ausência de políticas públicas municipais mais efetivas, com descaso nos postos de saúde além da recente atuação do Ministério Público Federal – MPF , motivada por relatos de falta de medicamento e irregularidades administrativas referentes ao procedimento de recebimento e armazenamento dos produtos, conforme apurado em inquérito civil.

Segundo George, muitos moradores de Salgueiro o procuram diariamente com denúncias e reinvindicações: “Estamos preocupados com o futuro de Salgueiro. A atual política local mostra-se frágil para resolver os atuais problemas que a comunidade anseia. Assim como o restante do Brasil, o povo quer ver ações efetivas, diretas, para resolver problemas locais”, enfatizou Sampaio.



Compartilhar: