IMG-LOGO
Home > Cultura > É Arte! É Cultura! É o Festival de Inverno para espantar o frio e aquecer a economia

Cultura

IMAGEM: Cerca de 200 atrações em dez dias de evento fazem o Festival de Inverno o maior do gênero no país. (Foto: Camila Queiroz)

É Arte! É Cultura! É o Festival de Inverno para espantar o frio e aquecer a economia

Em quase 03 décadas o FIG se consolidou como evento de grande porte que atrai arte, cultura e fortalece a economia.
Por Sandro de Moura - 21 De Julho De 2019, 09:34 AM


(RBN Notícias com informações da SECOM Garanhuns)

Nossa equipe do Portal RBN e Radioweb BrasilNordeste está acompanhando os detalhes da 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns. O evento, considerado a maior manifestação artístico cultural das américas chega a maturidade com investimentos públicos, coordenado pela SECULT, Fundarpe e administrado pelo Governo do Estado que beiram os 6 milhões de reais e traz à simpática cidade de quase 150 mil habitantes, encravada no agreste de Pernambuco, mais de 200 atrações artísticas que enriquecem culturalmente e economicamente a região. A prefeiutuira de Garanhuns é parceira no evento, sendo responsável pela limpeza, trânsito e outros ponto da infra estrutura para o bom andamento da festa.

Na noite deste sábado (20) na Praça Mestre Dominguinhos, principal palco de apresentações musicais populares, mesmo com uma insistente chuva que perdurou durante todo o dia e uma temperatura em torno de 15 graus, um grande público assistiu a bons shows.

RESUMO DA NOITE - Palco Mestre Dominguinhos (sábado, 20)

Amanda Back - A cantora garanhuense Amanda Back foia primeira atração deste sábado (20), no polo da Praça Mestre Dominguinhos do 29° Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A artista é presença constante em festivais da cidade, e hoje, preparou um show especial para o FIG, incluindo músicas autorais e sucessos da Música Popular Brasileira (MPB) em seu repertório.
Banda de Pau e Corda - A Banda de Pau e Corda trouxe música e poesia para o polo principal do FIG, por meio dos mais variados ritmos nordestinos. Em 2018, o grupo completou 45 anos do lançamento do seu primeiro álbum “Vivência”. Na noite de hoje, a banda interpretou sucessos de sua trajetória de mais de 40 anos.

Mariana Aydar - A paulistana Mariana Aydar animou o público presente na Praça Mestre Dominguinhos com muito forró; ritmo que faz parte da sua essência musical e também está presente no seu último projeto, intitulado “Veia Nordestina”. Em seu repertório a artista também homenageou o cantor, compositor e instrumentista garanhuense Dominguinhos. “Dominguinhos tem influência em qualquer coisa no meu trabalho. No meu trabalho e na minha vida. Ele me ensinou muito mais do que a música. Me ensinou a olhar a vida de um jeito muito mais simples, humilde e generoso. Sempre vai ter essa influência na minha música”, declarou a artista durante coletiva de imprensa.

Zélia Duncan - A cantora Zélia Duncan foi quarta atração deste sábado, no 29° Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Em seu show, a carioca interpretou os grandes sucessos da sua carreira, além das canções do seu último projeto autoral “Tudo é Um”. A apresentação também contou com a participação do cantor pernambucano Almério.

Barão Vermelho – A banda Barão Vermelho encerrou a programação de hoje, na Praça Mestre Dominguinhos, com os sucessos do rock nacional oitentista. Atualmente a banda é formada por Guto Goffi, na bateria; Maurício Barros, nos teclados; Fernando Magalhães, nas guitarras e vocais; e Rodrigo Suricato nos vocais principais e violão. No repertório, estiveram músicas como Bete Balanço, Pense e Dance, e Amor Meu Grande Amor; que contou com a participação da cantora Zélia Duncan.

Fotos: Camila Queiroz – (Secom/PMG)

Foto: Camila Queiroz/Secom Garanhuns


Compartilhar: