IMG-LOGO
Home > Política > Após recesso, 505 deputados federais faltam ao 1º dia de trabalho. Fernando Rodolfo está entre os 08 que compareceram para trabalhar.

Política

Imagem: O parlamentar pernambucano vem se destacando por sua atuação em todas as regiões do estado, justificando assim a aplicação da verba parlamentar a quem tem prerrogativa. (Reprodução TV Câmara)

Após recesso, 505 deputados federais faltam ao 1º dia de trabalho. Fernando Rodolfo está entre os 08 que compareceram para trabalhar.

Os congressistas tiveram 19 dias de descanso, e, mesmo assim, “emendaram” a folga até a semana que vem. Rodolfo cumpre seu primeiro mandato eletivo.
Por Marcelo Jorge - 02 De Agosto De 2019, 08:30 AM


Segundo o Blog do do Adelson Vera, 90% dos deputados federais não retornaram ao trabalho no primeiro dia após recesso parlamentar em Brasilia. Isto significa que quinhentos e cinco deputados não voltaram ao trabalho nesta quinta-feira (1/8).


Os congressistas tiveram 19 dias de descanso, e, mesmo assim, “emendaram” a folga até a semana que vem. A Câmara só deve retomar as atividades na próxima terça-feira, dia 6 de agosto, quando ocorre a primeira sessão deste semestre.


A falta injustificada, segundo o regimento interno da Casa, causa corte no salário — mas apenas em dias de sessão deliberativa. Contabilizados os três dias úteis (quinta, sexta e segunda), de faltas, o valor descontado chegaria a R$ 1,69 milhão. Mas não haverá encolhimento nas remunerações dos parlamentares, de R$ 33,7 mil. Dos 513 deputados com mandato, apenas oito registraram presença na Câmara. A lista inclui os pernambucanos Fernando Rodolfo (PL) e Gonzaga Patriota (PSB), Otaci Nascimento (Solidariedade-RR), Carmen Zanotto (Cidadania-SC), Bia Kicis (PSL-DF), Dr Zacharias Calil (DEM-G), Darcísio Perondi (MDB-RS), Greyce Elias (Avante-MG).



Compartilhar: