IMG-LOGO
Home > Política > Bolsonaro: “Não tenho preconceito com o Nordeste. Tenho preconceito com Governador ladrão”

Política

Imagem: Alan Santos/PR

Bolsonaro: “Não tenho preconceito com o Nordeste. Tenho preconceito com Governador ladrão”

De volta ao Nordeste, em sua segunda visita em menos de um mês, o presidente Jair Bolsonaro respondeu à perguntas da imprensa e quando indagado se tinha algum tipo de preconceito com região foi duro e objetivo na resposta .
Por Marcelo Jorge - 05 De Agosto De 2019, 11:34 PM


Participando de uma agenda em Sobradinho (BA) nesta segunda feira (05/8), quando inaugurou  a primeira etapa da Usina Solar Flutuante, erguida pela Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco), um investimento orçado em R$ 55 milhões, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que os governadores da região "fazem politicalha", querem transformar o Nordeste "em uma Cuba" e negou que tenha agido com preconceito contra os nordestinos. Na sua fala, ele afirmou "Não estou aqui com colegas nordestinos para fazer média. [...] Mas não existe esta questão de preconceito. Eu tenho preconceito é com governador ladrão que não faz nada para o seu estado".  Na sequencia, Bolsonaro voltou a negar que tenha se referido aos governadores nordestinos como "paraíbas". Ele mais uma vez deixou claro que fez críticas específicas aos governadores do Maranhão, Flávio Dino (PC do B) e da Paraíba, João Azevêdo (PSB), mas afirmou que não vai penalizar os estados. "Não vou negar nada para o estado. Mas se eles [governadores] quiserem que realmente isso tudo seja atendido, eles vão ter que falar que estão trabalhando com o presidente Jair Bolsonaro. Caso contrário, eu não vou ter conversa com eles e vou divulgar obras junto às prefeituras", afirmou.


Bolsonaro ainda afirmou que o Nordeste tem recebido recursos abundantes do governo federal e que não vai admitir que governadores do Maranhão e da Paraíba "façam politicalha perante a minha pessoa".


O presidente ainda criticou a iniciativa dos governadores de se unirem em torno do Consórcio Nordeste, afirmando que estes atuam para dividir os brasileiros. "O Brasil é um só, não queiram dividir regiões. Tem alguns que acham que aquela região é dele e não do povo. Isso não existe, o Nordeste é Brasil."


Mais uma vez o governador da Bahia, Rui Costa (PT) não compareceu à solenidade desta segunda. Para Bolsonaro, o petista não foi proibido de comparecer à solenidade e completou: ”Quem tem preconceito é ele. Se estivesse aqui seria muito bem-vindo, não teria em momento algum falado algo contra ele. Agora, quem está com medo de encarar o seu próprio povo é ele".


Alan Santos/PR


Compartilhar: