IMG-LOGO
Home > Política > Após pressão popular e de parlamentares, presidente do senado retira da pauta do plenário projeto que muda Lei Eleitoral e turbina o fundão

Política

Imagem: Alcolumbre recuou após repercussão negativa do Projeto de Lei (PL) - Jefferson Rudy/Agência Senado)

Após pressão popular e de parlamentares, presidente do senado retira da pauta do plenário projeto que muda Lei Eleitoral e turbina o fundão

O referido projeto havia sido incluído como o primeiro item a ser analisado na sessão desta terça-feira (17). Agora, a matéria passará, na quarta, pela CCJ da Casa
Por Marcelo Jorge - 17 De Setembro De 2019, 04:16 PM


 


A pressão foi tanta que o Presidente do senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), retirou da pauta de votação do plenário o projeto de lei que altera regras eleitorais, turbina o fundão e amplia o uso de recursos públicos até para bancar advogados de dirigentes partidários enrolados com a Justiça.


Na prática, o projeto de lei (PL) afrouxa regras eleitorais para partidos, abre brecha para o caixa dois e dá margem ao aumento da quantidade de dinheiro público destinado às legendas. A proposta permite, ainda, que advogados e escritórios de contabilidade sejam pagos com dinheiro das siglas e também flexibiliza normas de prestação de contas.


A causa é polêmica e o programa ‘Falando com o Nordeste’ veiculado pela Rádio Marano FM na tarde desta terça (17), ouviu o Senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) que, contrário à matéria,  chegou a dizer que o projeto como se apresentava seria “um tapa na cara da sociedade”.


Na sequencia, o projeto deverá ser analisado antes pela CCJ da Casa, o que deve acontecer já nesta quarta (18).



Compartilhar: