IMG-LOGO
Home > Política > CANDIDATURA EMBLEMÁTICA – Na terra natal de ex presidente Lula, candidato de Bolsonaro pode ser fator surpresa

Política

Imagem: Imagem: (Mídias Sociais) - Edu Cabral ao lado do Presidente Bolsonaro: Apoio pode redefinir xadrez político em Garanhuns.

CANDIDATURA EMBLEMÁTICA – Na terra natal de ex presidente Lula, candidato de Bolsonaro pode ser fator surpresa

Garanhuns tem cerca de 140 mil habitantes e um colégio eleitoral de quase 90 mil eleitores. No município apesar de ainda prevalecer a admiração pelo petista, as coisas vem mudando.
Por Marcelo Jorge - 10 De Novembro De 2019, 10:15 PM


A nova configuração política do Brasil, pós conturbadas eleições e acirrada divisão que ainda persiste entre os eleitores, pode apresentar algumas novidades e nomes antes totalmente anônimos passam a figurar nas pesquisas em muitos municípios. Esse novo desenho, responsável por eleições proporcionais inusitadas país afora, não difere na cena política nordestina: Tradicionalmente ocupada por ‘caciques’ da velha política, se percebe a ascensão de novas personagens oriundas do seio da população, cuja imagem bem trabalhada foi potencializada pela agilidade das mídias sociais a na oportunidade alçados ao cargo pela necessidade de suprir novas demandas populares.

PERNAMBUCO

No interior do Nordeste, essa tendência também vem sendo replicada. Com a ascensão do conservador Jair Bolsonaro ao mais alto cargo político da República, seus soldados que nestes primeiros onze meses do seu governo conseguiram passar pela prova de fogo da fidelidade (entenda-se, não ao partido, mas às diretrizes administrativas do Capitão-comandante), começam a despontar, mesmo que ainda sem celebridade, como competitivas personagens nesta nova geografia política.

GARANHUNS

Em Garanhuns, Agreste pernambucano e cidade emblemática por ter sido berço do ex presidente Luiz Inácio Lula (PT), condenado por corrupção ativa e passiva, recentemente solto por decisão do STF – apesar de não estar liberto dos processos ainda por responder -, um destes nomes já vem sendo ventilado e com um diferencial: o impulso para a disputa à prefeitura do acolhedor município pode ter nascido no gabinete número 1 do Palácio do Planalto.
É que após todo o imbróglio que ainda envolve o PSL, legenda que abrigou a candidatura presidencial, uma nova legenda pode nascer para abrigar esse remanescente fiel aos ideais conservadores e nesse novo momento ‘bolsonarista’, o nome de Edu Cabral, assessor especial da SENAPRED – Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas -, órgão subordinado ao Ministério da Cidadania, vem surgindo em Garanhuns como pré candidato ao cargo ora ocupado pelo Prefeito Izaías Régis (PTB).

Desde que assumiu o cargo, cujo convite e ficha de admissão foram abonadas pelo próprio Jair Bolsonaro, Cabral vem realizando um trabalho que desperta respeito e elogio dos colegas e chefia na secretaria citada. A sua luta incansável no combate à proliferação das drogas no país, iniciou-se oficialmente e em nível nacional por solicitação do próprio presidente Bolsonaro que mesmo antes de assumir o cargo federal, em um áudio pessoal ao qual a nossa reportagem teve acesso, pediu a Edu uma ideia para esse combate. Na curta e objetiva gravação, evidenciando intimidade e confiança no pernambucano, Bolsonaro diz: “Ô Cabral, manda um ‘audiozinho’ curto pra mim sobre esse caso aí, a sugestão para tratar os dependentes químicos, tá ok um abraço aí!”. Daí pra frente os diálogos republicanos entre Edu Cabral e o Presidente, passarem a ser mais frequentes.

Segundo o Secretário da SENAPRED e líder direto de Edu na pasta, Dr. Quirino Cordeiro, “A presença de Edu Cabral na nossa Secretaria e sua imensa vontade de colaborar na luta contra as drogas, vem tornando imprescindível sua convivência pessoal e profissional em nossa equipe.” Ele acrescentou: "Sua experiência de vida como ex usuário na sua juventude, fator do qual não fala com orgulho, mas com gratidão pela sua libertação, o torna ainda mais sensível a colaborar com pessoas que ainda não conseguiram esta libertação.”

ADVERSÁRIOS

Mas a eleição em Garanhuns, como na maioria das cidades dos país, não será tarefa fácil para ninguém: Detentor de aprovação popular na média de 70%, o atual prefeito Izaías Régis (PTB) que já aponta seu atual vice Haroldo Vicente (PSC) como pré candidato a sua sucessão, vem reforçando a aparição pública ao lado do seu preferido, transferindo - senão ainda nas urnas - mas já nas ruas no evento recém aberto ‘A Magia do Natal’ parte do protagonismo desta gestão bem avaliada.

O possível candidato adversário ligado ao governador socialista Paulo Câmara, o Deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) mesmo sem admitir momentaneamente sua pretensão, lidera a corrida segundo pesquisa recente.

Prefeito Izaias Regis quer emplacar seu vice Haroldo Vicente na sucessão em 2020.


Compartilhar: