IMG-LOGO
Home > Economia > PRIVATIZAÇÃO DE PARTE DO SETOR AEROPORTUÁRIO NO PAÍS PODE ARRECADAR 3,5 BILHÕES PARA A UNIÃO

Economia

IMAGEM: O Aeroporto do Recife será um dos que devem ser privatizados. Foto: Alexandre Gondin/JC Imagem

PRIVATIZAÇÃO DE PARTE DO SETOR AEROPORTUÁRIO NO PAÍS PODE ARRECADAR 3,5 BILHÕES PARA A UNIÃO

A informação consta nas redes sociais do Presidente e curiosamente não recebem destaque nos grandes veículos de comunicação do país.
Por Sandro de Moura - 18 De Fevereiro De 2019, 08:54 AM


Uma notícia que os meios de comunicações tradicionais do Brasil curiosamente não vem dando destaque, são as ações iniciais do Governo Bolsonaro, no que se refere a infraestrutura do país, mais especificamente no setor aeroportuário.

Nas Mídias Sociais do Presidente Jair Bolsonaro, vem sendo divulgada a informação da realização de um leilão que deve englobar 12 aeroportos. Segundo a nota, com a concretização dos certames nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, mais de R$ 3,5 bilhões devem engordar os cofres públicos, para serem utilizados em investimentos em outros pontos da infraestrutura nacional.
O anúncio foi feito baseado em informações do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Segundo a PPI INVESTIMENTOS, o processo licitatório que deve ser realizado até março deste ano (2019) deve incluir os aeroportos de Guararapes, no Recife (PE), além de Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande (PB), além de Vitória (ES) e Macaé (RJ), Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta, estes quatro no estado do Mato Grosso.

O Presidente Bolsonaro conclui sua nota dizendo que “Qualidade no serviço específico, empregabilidade e economia. Estes são apenas os primeiros passos dentro desta área”.


Compartilhar: